O acervo é divino!

Procurando roupas prá quê?

Esta produção sugere um casual que vai desde um dia de trabalho até um jantar…e se trocasse o sapato baixo por um saltinho, vai prá mais, tipo uma baladinha!!

Claro que vc vai ter uma clutch dentro dessa Chanel, né?

IMG_2304

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Madame é assim: os sapatos são novos, as roupas são lindas e o café…hummm o café…

Seus pés querem vir aqui, traga-os!!

camurça tijolo

Sandália em camurça caramelo, Zara sola 38. Muito a cara do Boho Chic que estamos vendo por aí…Com um coletinho de pele, hein?? R$175,00

camurça preto basico

Sandália em camurça preta Zara sola 38, ideal para ser básica e chique, mas poderosa no saltão! R$165,00

escarpim cruzado

Sandália em couro preta Zara sola 38. Vai com terninho para trabalhar, vai prá balada e encara um cinema…Versátil, né? Salto confortável e preço gostoso: R$169,00

peep cobra

Peep toe chiiique…Schultz sola 36, novo. O detalhe de bicho levanta uma produção mais sóbria…tipo ponto de luz do look. Vai, se joga nele! R$249,00

tamanco

Tamanco em couro branco Gino Ventori sola 37. Mais anos 80 não há! Também vai muito com um vestidão bem solto, ou até um shortinho jeans…Boho, bicho grilo, doidão!! R$165,00

peep brilho

Sandália em camurça preta com muitos brilhos Zara sola 38…prá brilhar e fim! R$218,00

peep tacha salto

Peep toe em camurça rato Schultz sola 36. Sexy na cruzada de pernas…se acompanhada de uma mini saia, vai derrubar qualquer concorrência, vai! R$248,00

pesquisa aponta… brechó está na moda!!!

http://g1.globo.com/bom-dia-brasil/edicoes/2015/05/29.html#!v/4215064

brecho na moda

saiu na Rede Globo

Publicamos aqui as dicas da Bruna Miranda – Por um consumo consciente!

– Pergunte-se se você realmente precisa de algo novo

Ou se você pode usar alguma roupa ou acessório de uma maneira diferente, que pareça uma novidade. Na hora de comprar algo, pense no que você já tem no guarda roupa que possa combinar com essa peça. O menos peças com maior qualidade é sempre válido.

– Apoie os designers locais

Num mundo que é cada dia mais globalizado, é difícil para quem produz localmente competir com as grandes empresas que existem em todo o planeta. Mas as coisas que eles produzem são especiais, originais, feitas de uma maneira (mais) artesanal e ainda têm uma baixa pegada de carbono, o que significa que não precisaram viajar por quilômetros e quilômetros até chegar à sua mão. Conheça e apoie!

– Invista nos brechós

Verdadeiros amigos da sustentabilidade na moda, o reaproveitamento é a melhor maneira de se consumir. Roupas e acessórios que têm história pra contar e são aliados perfeitos para um estilo com identidade. Aquele ranço da roupa usada já não faz mais sentido. Diversos brechós, além de fazer uma boa seleção com diversidade, apostam todas as fichas na qualidade e limpeza de suas peças. Um mercado crescente (leia mais aqui nesse post) e que ainda tem muito a ser explorado!

– Desapegue, Minimalize

Venda para um brechó, organize um bazar, troque com os amigos ou ainda doe para uma associação as peças que você não usa mais. Dependendo de onde você for doar, até o que estiver danificado pode ser útil de alguma maneira, pra reaproveitar, ou reciclar. Aquele pensamento insistente de guardar pra usar um dia, ou quando emagrecer, raramente funciona. Um jeito legal que vi esses dias, não me lembro onde, é colocar todas as suas roupas com o cabide virado no guarda roupa. À medida que for usando, desvire o cabide. Depois de um tempo, os que ainda estiverem virados são as roupas que você realmente deixa de lado e não vai usar.

– Quando for comprar algo novo, pense:

Por quanto tempo vou gostar dessa peça? É uma roupa que vai durar ou só vou vestir algumas poucas vezes? É fácil de usar? Não vou enjoar rápido? Experimente e invista naquelas especiais, que você sabe que pode aproveitar bem. Outra coisa a se pensar é que está muito ultrapassada a “regra” de que repetir roupa é feio. Bobagem! Feio é encarar as roupas como coisas descartáveis. Dinheiro não dá no pé e o planeta não precisa de mais descarte e produção desenfreados. E bonito é criar memórias e histórias especiais com cada peça!

E mais:
– Pesquise novas marcas e designers

– Pense em quantidade. Compre menos e de um jeito mais inteligente

– Compre algo que vem do Comércio Justo

– Alugue ou pegue emprestado

– Cuide bem das suas roupas!

– Compre algo orgânico

– Divirta-se com tudo isso!

A moda ética e sustentável está na moda!